25º dia – Cada pessoa sendo usada por Deus no seu lugar de ajuntamento

cada pessoa no seu lugar
25º dia – Cada pessoa sendo usada por Deus no seu lugar de ajuntamento – Leitura: Neemias 11.1-36 – Jerusalém, a principal cidade do reino, já tem seus moradores, mas ainda há lugar para mais gente. Como fazer uma escolha, levando em conta a necessidade das demais cidades?Bom, Neemias, adota algumas práticas:

  1. Lançaram sorte entre os que queriam moram em Jerusalém, um entre cada 10 pessoas;
  2. Os voluntários tinham preferência, mas cada um habitava nas suas possessões, de forma que havia equilíbrio na distribuição das pessoas e em todos os lugares tinham um mínimo de pessoas.

Muitos não compreendem este importante princípio. Deus deseja que cada igreja (local de ajuntamento), tenha o seu povo presente, participando, contribuindo e fazendo a obra crescer. No capítulo 11, vamos ver uma extensa relação, mas o sentido principal é que todos são importantes e precisam estar disponíveis no lugar onde o senhor quer usá-los.

Há alguns anos atrás a SEPAL – Serviço para Evangelização Para a América Latina, fez uma pesquisa nas grandes cidades brasileiros e constatou que num culto de domingo à noite, apenas em torno de 47% dos membros estavam presentes. Muitos estavam ausentes por problemas de trabalho, mas muitos estavam ausentes, “visitando” outras igrejas.

Nós conhecemos pastores itinerantes este tipo de ministério é uma bênção, mas crente itinerante não. Deus proporciona aos seus filhos igrejas, líderes e obreiros para que no local de ajuntamento da Eclésia, o seu povo possa ser treinado, nutrido e abençoado para fazer a diferença no mundo nos demais deias da semana.

O projeto de Deus através de Neemias ao abençoar Jerusalém era muito mais que apenas abençoar uma cidade, mas que esta bênção pudesse ser compartilhada com todos. Nada temos nada contra as megas Igrejas, ou igrejas em processo de crescimento. Louvamos ao Senhor que elas realmente cresçam, mas também entendemos que este crescimento deve servir para um meio para proporcionar o crescimento de outras igrejas através da formação pastoral, de liderança, do desenvolvimento dos dons e talentos, enfim, não faz sentido Jerusalém crescer e outros lugares ficarem em deserto. O crescimento da obra de Deus na minha Igreja deve ser benção para o crescimento aí na sua Igreja. Somo um só povo, o povo de Deus!

Aplicação pessoal:

  1. O que você podia fazer aí na sua igreja que não tem feito?
  2. Você já se perguntou porque o Senhor o colocou aí nesta igreja?
  3. Você está nesta igreja por simpatia ao pastor, comodidade ou chamado?
  4. Você é um consumidor ou um reprodutor?

desafio-neemias

Este texto faz parte do devocional Desafio Neemias, com base nos textos de Neemias. Estes devocionais foram escritos pelo pastor Elton Melo e podem ser livremente distribuídos. Se você fez esta campanha, escreva-se o seu comentário e se possível o seu testemunho para o pastor Elton Melo.

Sua opinião sobre este artigo é muito interessante! Escreva:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: