Louvor & Adoração

Vou reconstruir – música tema da campanha Desafio Neemias.

Vou Reconstruir – Aprenda a Música da Campanha tema do Desafio Neemias. Como reconstruir a vida após a pandemia do covid-19.

Na preparação da Campanha Desafio Neemias, desafiei o nosso líder de Louvor, o músico e cantor Geovane Gambetta, para que fizesse uma música especial para este momento que estamos vivendo, com o tema: como reconstruir a nossa vida após a pandemia do COVID-19. veja como ficou a letra desta música: …

Sete motivos para adorar a Deus

A adoração a Deus é algo que faz parte da própria natureza do ser humano, é uma característica que acompanha o homem desde a sua feitura. O homem deve adorar a Deus, porque Deus o fez e Ele tudo deve a este Deus. A adoração estabelece os parâmetros corretos do relacionamento entre Deus e o homem, exatamente porque é através da adoração que Deus é reconhecido como Senhor e o homem, como Seu servo.

Na lista abaixo, veja sete motivos para adorar a Deus:

  1. O primeiro motivo, portanto, para adorarmos a Deus está no fato de que Deus, o Senhor de todas as coisas, é o Criador de tudo, inclusive do próprio homem. Quando adoramos a Deus, reconhecemos que Ele é o nosso Criador e manifestamos tal reconhecimento através da adoração.
  2. O segundo motivo pelo qual devemos adorar a Deus é o fato de que Ele nos ama, de, apesar de ser o Criador, jamais desampara o homem, mas, muito pelo contrário, o ama e tem prazer em estar na companhia do ser humano.
  3. O terceiro motivo pelo qual devemos adorar a Deus é o fato de que Ele nos salvou. Deus não somente amou o homem, mas providenciou a sua salvação através da pessoa de Jesus Cristo.
  4. O quarto motivo pelo qual devemos adorar a Deus é o fato de que Ele precisa ser conhecido dos homens que ainda não O conhecem como Senhor e Salvador de suas vidas.
  5. O quinto motivo pelo qual devemos adorar a Deus é o fato de que o necessário crescimento espiritual do crente depende da sua vida de adoração. A vida espiritual é uma vida dinâmica, uma vida de contínuo desenvolvimento, pois não é possível haver uma vida estacionária, parada no campo espiritual.
  6. O sexto motivo pelo qual devemos adorar a Deus é o fato de que nós temos fé em Deus, porque confiamos nEle.
  7. O sétimo motivo pelo qual devemos adorar a Deus é o fato de que nós amamos a Deus. Somente se amarmos a Deus poderemos adorá-lO.

A dança na adoração

“Davi dançava com todas as suas forças diante do Senhor , e estava Davi cingido de uma estola sacerdotal”, II Samuel 6:14. A Bíblia fala, que “dançava com todas a s suas forças”, ou seja, ele estava dando o seu melhor ao Senhor, era um momento de adoração plena ao Pai. Vemos também, que o povo acompanhava Davi na adoração ao Senhor. Mas quando e por que dançar?

A adoração é uma atitude interior e não exterior. Esse ato pode ser completo sem a dança, sem a música e sem o canto. Essas expressões são veículos de louvor a Deus. Não podemos usar esses meios como fórmulas para se chegar ao altar do Senhor. Mas também não podemos restringir a dança a apresentações, a não ser que seja uma peça ou ensinamento para a igreja. Se entedermos a dança como parte do louvor, poderemos usá-la com mais sabedoria para atravessar o Santo dos Santos. Ninguém é mais espiritual por usar uma ou outra linguagem. Utilize tudo o que você tem para ser um daqueles adoradores que o Pai está procurando. Temos que viver em novidades de cântico, movimento e palavras, mas sempre conduzidos pelo Espírito Santo. Pois de nada adianta dançarmos para homens, e o nosso objetivo não ser, alcançar o coração de Deus! Quando o nosso desejo pleno é este, então com um simples levantar de mãos glorificamos ao Pai sem medida! Que seja perdido, cada dia que não se dançou em Tua presença.

Importância da Dança na Adoração

Hoje, o Espírito Santo de Deus tem despertado a Igreja a uma entrega total ao senhorio de Jesus e tem feito brotar um desejo mais profundo de experimentar o próprio Deus. São multidões em busca da salvação e os crentes sendo restaurados, vivendo uma nova vida em Cristo. Um dos instrumentos deste avivamento é exatamente o louvor e a adoração; e assim como a música e o canto, a dança vem expressar a sede do coração do ser humano por mais de Deus. Do mesmo modo, o coração de Deus nos é revelado em canções e gestos que nos envolvem com Seu amor, cada vez que nos colocamos diante d’Ele em adoração. “Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade”. João 4:24

Objetivo da dança na igreja! !!
1.1- Instrumento de salvação
– Objetivo da dança profética é a salvação, proclamar o reino de Deus;
– Pecador reconhecer o Cristo como senhor e salvador. Ex pantomima- Morte de Jesus;
– Sermos usados para converter as nações da terra;
– A obra é feita por Cristo em nós, através do espírito santo;
– Dança como celebração da salvação- filho pródigo (reconciliação do filho com o pai).

1.2- Instrumento de libertação e Cura
– A dança produz mudança de vida;
– Jeremias 31:13 relata a transformação do lamento de Israel, por causa das guerras e da separação do povo, em Júbilo, da tristeza em alegria e regozijo;
– Libertação emocional;
– Êxodo 15: 19-20- Relata a celebração do povo de Israel quando saiu do jugo, do cativeiro e o mar vermelho se abriu, celebração de vitória de libertação;
– Dança como arma de guerra, quando entramos e saqueamos o inferno proclamamos a libertação, fazendo com que cadeias e correntes sejam quebradas através da adoração profética;
– Cântico 2:8 Revela que quando saltamos, pulamos, somos curados de nossas enfermidades através da dança- cura física.

1.3- Instrumento de adoração
– Adoramos ao Senhor com danças, pois a minha dança não é minha, mas é de DEUS e vem de Deus e vai para Deus;
– Se a adoração não romper os céus de bronze e descer ela não é para Deus;
– João 4:24, relata que Deus nos procura e quer achar em nós um coração,como o do rei Davi, que foi um dos maiores adoradores da bíblia;
– Para sermos adoradores precisamos:
1 – Ser santos – separados;
2- Guardar os olhos do pecado, a boca da murmuração e o meu corpo da impureza;
3- Orar- ter intimidade com Deus, dançar no quarto para ele;
4- Jejuar para nos fortalecermos para ouvir a voz de Deus, para vencer o pecado;

– Somos adoradores e carregamos a arca, a Glória de Deus, nos ombros, somos responsáveis por levar a igreja adoração, por isso precisamos ser canais limpos, para o fluir de Deus ; Rm 12:1, revela que o nosso corpo é um sacrifício vivo no altar do Senhor; A dança que Deus te deu, salva, cura, liberta e leva a adoração.

Mas enfim o que é dança?

Dança é uma forma de adoração, através da expressão dos movimentos do corpo humano. A dança sempre aconteceu na bíblia, portanto temos muitas passagens falando sobre danças. A dança sempre esteve dentro do ser adorador! A dança em Israel é preservada até hoje, portanto é só ir lá que veremos pessoas nas ruas dançando!!! Que maravilha!  Hoje muitas igrejas tem entendido a importância da dança, é tem dado uma atenção a este ministério.
O ministério de dança trabalha juntamente com o ministério de louvor e sempre estarão de braços dados, por que os mesmos conduzem a adoração e caregam a glória do Senhor nos seus ombros!

O maior objetivo da dança é levar a salvação. Muitas pessoas quando chegam na igreja ficam maravilhadas com a dança e conseguem chegar a adoração e se entregam ao Senhor por que foram tocados através de um movimento , um gesto. Além de conduzir a adoração a dança leva através de si o Espírito Santo de Deus e o Espírito do Senhor ministra a igreja cura, libertação, edificação, exortação. Além de todos estes benefícios a dança também é um ato profético, pois através dos movimentos profetisamos o que vai acontecer no futuro e no presente promovendo decretos. E por fim descrevo que a dança é um ato de guerra espiritual, pois desbaratinamos o inferno, colocamos satanás para correr através da adoração ao Senhor!

CONCLUSÃO
A dança profética tem um papel muito importante na evangelização dos perdidos, pois ela é um instrumento de salvação, cura, libertação e adoração. Somos chamados para restaurar os altares e para investirmos no chamado de Deus, porque tudo que fazemos é para honra e gloria do Senhor! !!

Abençoa Jeová (Bless Thou Jehovah)

A Letra da música: “Bless Thou Jehovah” (Abençoa a Jeová”) – Letra de RA Torrey – Música de Eric M. Pazdziora (arranjo)

1- Ó minha alma abençoa a Jeová,

Deus de amor e de graça és tu, 

só Tu és sábio e santo; 

Aos teus pés eu humildemente me curvo.

1- Oh, my soul bless thou Jehovah,

God of love and grace art thou,

Thou alone art wise and holy;

At thy feet I humbly bow.

Refrão Refrain
Abençoa a Jeová, ó minha alma, 
clama em voz alta, sobre ele chama; 
Aos Seus pés nós humildemente caímos 
E coroamos Jeová Senhor de todos.
Bless Jehovah, oh my soul,
Cry aloud, upon Him call;
At His feet we humbly fall,
And crown Jehovah Lord of all.
   

2- Tu, Teu Filho deu de graça,

Todos os nossos pecados para levar, 

Na Cruz Ele fez expiação,

Então a glória liderou o caminho.

Thou, Thy Son hast freely given,

All our sins to bear away,

On the Cross He made atonement,

Then to glory led the way.

(Refrão) (Refrain)

3- Ele, por nós, recebeu o Espírito,

presente precioso do amor divino, 

derramou-o sobre os teus filhos; 

Agora para sempre Ele é meu.

He for us received the Spirit,

precious gift of love divine,

Shed Him forth upon Thy children;

Now forever He is mine.

(Refrão) (Refrain)

4- Jesus logo voltará novamente,

Cada vez mais com Ele eu serei, 

como Ele através das eras sem fim,

Salvo por toda a eternidade.

Jesus soon again returneth,

Evermore with Him I’ll be,

Like Him through the endless ages,

Saved for all eternity.

(Refrão) (Refrain)

Atrás da Canção

RA Torrey foi um evangelista do século XIX conhecido por seu compromisso com a Palavra de Deus e com a mensagem do Evangelho. Como pastor, evangelista, professor, autor e estudioso, ele tem um impacto duradouro até hoje. Muitos de seus livros são considerados clássicos (como o esplendidamente simples How to Pray ), e instituições que ele ajudou a fundar, como o Moody Bible Institute, a Universidade BIOLA e a Igreja da Porta Aberta, permanecem fortes e influentes na igreja de hoje.

O único texto de hino conhecido de Torrey, “Abençoa Jeová”, é uma celebração escriturística, teológica e devocional do caráter e atributos de Deus (Pai, ​​Filho e Espírito) e Sua atuação na história de nossa salvação. Ele expressa adoração por cada elemento da obra salvadora de Deus: o amor e a graça do Pai, a morte e ressurreição do Filho, o derramamento do Espírito na igreja e o retorno de Jesus para estar conosco por toda a eternidade. Como meu irmão disse ao ler, “Torrey pode ter escrito apenas um hino, mas ele só precisava escrever um!”

Torrey dirige nossa adoração para “Jeová”, a transliteração padrão do século XIX do hebraico YHWH . (AY e um W se tornam J e V quando são enviados do hebraico para o inglês por meio do latim e do alemão. É um pouco complicado. Estudiosos hoje tendem a favorecer “Yahweh” como uma reconstrução mais precisa, mas eu decidi que era melhor para preservar o ritmo do poema de Torrey.) Esse é o nome sagrado de Deus revelado a Moisés como uma expressão do caráter, da existência e da fidelidade do pacto de Deus. É usado nas Escrituras – as traduções inglesas geralmente o identificam em pequenas capitais, “SENHOR” – para enfatizar a conexão pessoal de Deus com o Seu povo. “O SENHOR, o SENHOR, o Deus misericordioso e compassivo, tardio em irar-se, cheio de amor e fidelidade …” (Êxodo 34: 6, NVI).

Infelizmente, esse texto de hinos de muitas camadas, com sua rica visão geral da história da salvação, nunca se tornou amplamente popular. Isso pode ser devido ao seu emparelhamento original com uma melodia de Charles Alexander com um alcance irregular e um ritmo um tanto desarticulado. Minha nova música foi composta em uma manhã encantada e se tornou uma das favoritas. Deixe-me saber como você é capaz de usá-lo.

Para mais escritos e sermões, visite esta página:


Texto da música de Reuben Archer Torrey, Domínio Público. Música © 2003 Eric M. Pazdziora. Todos os direitos reservados.