Reconstrua sua vida: Como sobreviver às crises. 

Reconstrua sua vidaUm homem sempre tomará a decisão sábia quando recusar-se a fazer o jogo da culpa”. Em “Reconstrua sua vida”, Dale Galoway, nos ajuda a encontrar o Deus da esperança disposto a oferecer uma fonte de água viva que sacia a nossa sede em meio aos desertos e vales que atravessamos em nossa vida.

“Um homem sempre tomará a decisão sábia quando recusar-se a fazer o jogo da culpa”.

Neste livro, Dale Galloway ajuda-nos a encontrar o Deus da esperança, Aquele que está disposto a oferecer uma fonte de água viva, a qual sacia a nossa sede em meio aos desertos e vales que atravessamos ao longo da vida. Com o autor, descobrimos que os verdadeiros heróis são pessoas que se agarram na esperança em meio as dores e sofrimentos, mesmo quando não encontram respostas para os porquês da vida. Compartilhando sua experiência, o autor o ajudará a descobrir um Deus que pode fazer um vale árido um manancial de águas. Vale a pena passear pelas páginas deste livro e encontrar, em cada capítulo, palavras de fé e esperança que o ajudarão a reconstruir sua vida.

Cada pessoa tem suas experiências de vida. Suas crises, seus momentos de tensão de desespero, de desamparo, de dor e aí vai. Também cada pessoa tem sua forma, sua maneira de encarar as adversidades; de superá-las ou não. É certo que eu também as tive, mas sabia que tudo era passageiro e que, em algum momento, tudo iria passar e depois do vendaval, da tormenta, do mar revolto, a calmaria viria sobressair aquela situação.
O autor nos convida a adentrar sua crise e nos dá a receita de como a superou e que o melhor ainda estava por vir.
Em cada palavra, em cada capítulo podemos nos encontrar e nos irmanar às falas do autor. Maravilhosa leitura. Maravilhoso encontro entre autor e leitor. Todos deveriam ler, reler, fazer das palavras seu manual diário de esperança, perseverança e fé. Quando pensamos que já alcançamos muito, já lemos muito, o melhor ainda sempre está por vir.

Galloway, Dale.   Reconstrua sua vida: Como sobreviver às crises.  Tradução de Aline Grippe.   Campinas: Casa Nazarena de Publicações, 2003.

Sua opinião sobre este artigo é muito interessante! Escreva:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: