Onde encontrar forças para superar nossas limitações 
19/07/2020

Onde encontrar forças para superar nossas limitações 

Pregador:
Passage: Neemias 8.1-12
Igreja:

Bible Text: Neemias 8.1-12 | Pregador: Pr. Elton Melo | Series: Palavra da Graça | Amados, estamos atravessando um período muito difícil. Momentos de crises são reveladores: revelam as nossas forças, as nossas limitações, os nossos preconceitos, enfim a crise revela onde está o nosso coração. Mais que nos usar para fazer uma grande obra, Deus quer fazer esta obra através de nós. Não se trata, portanto, da crise em si. Deus está sempre olhando além da crise. Ele está vendo você agora tentando resolver problemas para os quais você ainda não sabe a solução. Mas Ele sabe a solução e está olhando para ela.

Abra a sua Bíblia em Neemias 8.1-12 e vamos compreender os princípios para que possamos superar nossas limitações e vencer esta e outras crises que vierem:

todo o povo juntou-se como se fosse um só homem na praça, em frente da porta das Águas. Pediram ao escriba Esdras que trouxesse o Livro da Lei de Moisés, que o Senhor dera a Israel.
Assim, no dia primeiro do sétimo mês, o sacerdote Esdras trouxe a Lei diante da assembleia, que era constituída de homens e mulheres e de todos os que podiam entender.
Ele a leu em voz alta desde o raiar da manhã até o meio-dia, de frente para a praça, em frente da porta das Águas, na presença dos homens, mulheres e de outros que podiam entender. E todo o povo ouvia com atenção a leitura do Livro da Lei.
O escriba Esdras estava numa plataforma elevada, de madeira, construída para a ocasião. Ao seu lado, à direita, estavam Matitias, Sema, Anaías, Urias, Hilquias e Maaséias; e à esquerda estavam Pedaías, Misael, Malquias, Hasum, Hasbadana, Zacarias e Mesulão.
Esdras abriu o livro diante de todo o povo, e este podia vê-lo, pois ele estava num lugar mais alto. E, quando abriu o livro, o povo todo se levantou.
Esdras louvou o Senhor, o grande Deus, e todo o povo ergueu as mãos e respondeu: “Amém! Amém! ” Então eles adoraram o Senhor, prostrados, rosto em terra.
Os levitas Jesua, Bani, Serebias, Jamim, Acube, Sabetai, Hodias, Maaséias, Quelita, Azarias, Jozabade, Hanã e Pelaías, instruíram o povo na Lei, e todos permaneciam ali.
Leram o Livro da Lei de Deus, interpretando-o e explicando-o, a fim de que o povo entendesse o que estava sendo lido.
Então Neemias, o governador, Esdras, o sacerdote e escriba, e os levitas que estavam instruindo o povo disseram a todos: “Este dia é consagrado ao Senhor Deus. Nada de tristeza e de choro! ” Pois todo o povo estava chorando enquanto ouvia as palavras da Lei.
E Neemias acrescentou: “Podem sair, e comam e bebam do melhor que tiverem, e repartam com os que nada têm preparado. Este dia é consagrado ao nosso Senhor. Não se entristeçam, porque a alegria do Senhor os fortalecerá”.
Os levitas tranquilizaram todo o povo, dizendo: “Acalmem-se porque este é um dia santo. Não fiquem tristes! ”
Então todo o povo saiu para comer, beber, repartir com os que nada tinham preparado e para comemorar com grande alegria, pois agora compreendiam as palavras que lhes foram explicadas.

Se você deseja superar as suas limitações e alcançar o que Deus tem para a sua vida, aplique estes princípios:

1. Para aprender o que é certo, você precisa ter humildade (v1)

“todo o povo juntou-se como se fosse um só homem na praça….”

Para aprender, é preciso admitir que não sabemos;
É preciso estar junto com outras pessoas que também tem sede de aprender;
É preciso compreender a importância da nossa unidade em Espírito, isto é, todos juntos, no mesmo propósito e na mesma direção. Casa dividida não se sustenta.
É interessante que eles se uniram na porta das águas, que simboliza para nós o relacionamento com o Espírito Santo, que nos capacita em nossas fraquezas, nos orienta e nos dirige para uma vida cristã vitoriosa.
A porta das águas é a porta do reavivamento. Reavivamento é quando ficamos novamente apaixonados por algo.

2. Para aprender o que é certo, você precisa parar para aprender (v.3)

“Ele a leu em voz alta desde o raiar da manhã até o meio-dia, de frente para a praça, em frente da porta das Águas, na presença dos homens, mulheres e de outros que podiam entender. E todo o povo ouvia com atenção a leitura do Livro da Lei.”

Você só aprende àquilo a que se dedica tempo, recursos e atenção;
Você nunca será promovido se não aprender nada com as crises ou situações diárias da sua vida.
A Bíblia é o manual de vida do ser humano. Nela estão contidas as promessas de Deus para o homem, mas também os princípios para uma vida feliz e que faz sentido;
Sem estudar o manual, você corre o risco de perder oportunidades e, pior, não fazer o que tem que ser feito pelo simples desconhecimento de princípios essenciais para a vida humana.
A Palavra de Deus e suas promessas para nós são gratuitas, mas é preciso esforço, disciplina e comprometimento para aprender;

3. Para aprender o que é certo, você precisa receber a Palavra (v.6,8)

“Esdras louvou o Senhor, o grande Deus, e todo o povo ergueu as mãos e respondeu: “Amém! Amém! ” Então eles adoraram o Senhor, prostrados, rosto em terra.”…     ….  “Leram o Livro da Lei de Deus, interpretando-o e explicando-o, a fim de que o povo entendesse o que estava sendo lido.”

Você nunca aprende o que rejeita ou não respeita.  Lembra quando você era criança e nas aulas ficava com birra de matemática, inglês, artes, etc?
As vezes era por causa do professor, outras vezes pela sua limitação e dificuldade de uma área de aprendizado, outras vezes porque faltava interesse naquilo que estava sendo explicado. Simplesmente não fazia sentido para você, naquele momento. Por isso, você não aprender como devia.
A mesma coisa acontece com a Palavra de Deus. Ela é uma fonte inesgotável de ensinamentos práticos para a vida. No entanto, continuamos errando em coisas básicas, elementares. Porque?
Quando participamos de um culto ao Senhor, há três momentos essenciais:

primeiro, o adoramos por quem Ele é;
segundo, ouvimos a suas Palavras para a nossa vida hoje – a Palavra nos foi dada para a nossa vida e época atuais e, só precisamos dela aqui na terra;
terceiro, a nossa resposta diante da Palavra do Senhor –

Quando negligenciamos estas três ações, saímos de um culto ao Senhor do mesmo jeito que entramos.
Cada culto ao Senhor é um momento único e exclusivo em nossas vidas.

 
4. Para aprender o que é certo, você precisa ter atitudes corretas (vs. 9,10)”… Este dia é consagrado ao Senhor Deus. Nada de tristeza e de choro! ” Pois todo o povo estava chorando enquanto ouvia as palavras da Lei. … E Neemias acrescentou: “Podem sair, e comam e bebam do melhor que tiverem, e repartam com os que nada têm preparado. Este dia é consagrado ao nosso Senhor. Não se entristeçam, porque a alegria do Senhor os fortalecerá”.

Quando o povo foi confrontado com as verdades da Palavra, caíram no choro. Choro demonstra arrependimento, frustração, reconhecimento da falha.
Mas Deus nunca está tratando com o nosso passado, e sim com o nosso futuro. Deus está sempre nos levando para a frente, para o alvo que ele tem para nós.
Muitas vezes ficamos chateados pelos nossos erros e nos conformamos com eles. Mas para ter uma verdadeira mudança é preciso ter a atitude correta diante da Palavra de Deus.
E a atitude correta é: apliquem a Palavra proativamente em suas vidas, nas vidas das pessoas que convivem contigo, sejam abençoadores para com o próximo, celebre com alegria a vida que você tem agora.
O nosso Deus é um Deus alegre. Neemias nos revela algo profundo de Deus para nós: A alegria do Senhor é a nossa força. É ela quem nos sustenta.
Um coração abatido desmotiva, mas um coração alegre aformoseia o resto e promove leveza, liberdade, motiva e fortalece as pessoas.
Deus não é Senhor de escravos; ele é Pai de filhos livres.

 
Conclusão: Esta passagem termina com uma evidente mudança: “então todo o povo saiu para comer, beber, repartir com os que nada tinham preparado e para comemorar com grande alegria, pois agora compreendiam as palavras que lhes foram explicadas.” (v.12). Sim, eles aprenderam, que não eram as circunstâncias, os vizinhos, a crise econômica, a pandemia ou qualquer outra coisa que motivava as suas vidas, mas sim o fato de terem um Deus que os amava de uma forma comprometida, a ponto de enviar pessoas de longe para as servirem.Elas compreenderam que Deus não as estava acusando, nem julgando, mas dando-lhes a oportunidade de recomeçarem, agora da forma correta. É assim que Deus faz. Não importam as nossas perdas, falhas e pecados do passado, Ele está sempre pronto para nos dar novas oportunidades e ainda nos fortalece para vivermos um novo tempo!lembre-se:
Deus não é Senhor de escravos; ele é Pai de filhos livres. (Pr. Elton Melo)

Amados, estamos atravessando um período muito difícil. Momentos de crises são reveladores: revelam as nossas forças, as nossas limitações, os nossos preconceitos, enfim a crise revela onde está o nosso coração. Mais que nos usar para fazer uma grande obra, Deus quer fazer esta obra através de nós. Não se trata, portanto, da crise em si. Deus está sempre olhando além da crise. Ele está vendo você agora tentando resolver problemas para os quais você ainda não sabe a solução. Mas Ele sabe a solução e está olhando para ela.

Abra a sua Bíblia em Neemias 8.1-12 e vamos compreender os princípios para que possamos superar nossas limitações e vencer esta e outras crises que vierem:

  1. todo o povo juntou-se como se fosse um só homem na praça, em frente da porta das Águas. Pediram ao escriba Esdras que trouxesse o Livro da Lei de Moisés, que o Senhor dera a Israel.
  2. Assim, no dia primeiro do sétimo mês, o sacerdote Esdras trouxe a Lei diante da assembleia, que era constituída de homens e mulheres e de todos os que podiam entender.
  3. Ele a leu em voz alta desde o raiar da manhã até o meio-dia, de frente para a praça, em frente da porta das Águas, na presença dos homens, mulheres e de outros que podiam entender. E todo o povo ouvia com atenção a leitura do Livro da Lei.
  4. O escriba Esdras estava numa plataforma elevada, de madeira, construída para a ocasião. Ao seu lado, à direita, estavam Matitias, Sema, Anaías, Urias, Hilquias e Maaséias; e à esquerda estavam Pedaías, Misael, Malquias, Hasum, Hasbadana, Zacarias e Mesulão.
  5. Esdras abriu o livro diante de todo o povo, e este podia vê-lo, pois ele estava num lugar mais alto. E, quando abriu o livro, o povo todo se levantou.
  6. Esdras louvou o Senhor, o grande Deus, e todo o povo ergueu as mãos e respondeu: "Amém! Amém! " Então eles adoraram o Senhor, prostrados, rosto em terra.
  7. Os levitas Jesua, Bani, Serebias, Jamim, Acube, Sabetai, Hodias, Maaséias, Quelita, Azarias, Jozabade, Hanã e Pelaías, instruíram o povo na Lei, e todos permaneciam ali.
  8. Leram o Livro da Lei de Deus, interpretando-o e explicando-o, a fim de que o povo entendesse o que estava sendo lido.
  9. Então Neemias, o governador, Esdras, o sacerdote e escriba, e os levitas que estavam instruindo o povo disseram a todos: "Este dia é consagrado ao Senhor Deus. Nada de tristeza e de choro! " Pois todo o povo estava chorando enquanto ouvia as palavras da Lei.
  10. E Neemias acrescentou: "Podem sair, e comam e bebam do melhor que tiverem, e repartam com os que nada têm preparado. Este dia é consagrado ao nosso Senhor. Não se entristeçam, porque a alegria do Senhor os fortalecerá".
  11. Os levitas tranquilizaram todo o povo, dizendo: "Acalmem-se porque este é um dia santo. Não fiquem tristes! "
  12. Então todo o povo saiu para comer, beber, repartir com os que nada tinham preparado e para comemorar com grande alegria, pois agora compreendiam as palavras que lhes foram explicadas.

Se você deseja superar as suas limitações e alcançar o que Deus tem para a sua vida, aplique estes princípios:

1. Para aprender o que é certo, você precisa ter humildade (v1)

"todo o povo juntou-se como se fosse um só homem na praça…."

    1. Para aprender, é preciso admitir que não sabemos;
    2. É preciso estar junto com outras pessoas que também tem sede de aprender;
    3. É preciso compreender a importância da nossa unidade em Espírito, isto é, todos juntos, no mesmo propósito e na mesma direção. Casa dividida não se sustenta.
    4. É interessante que eles se uniram na porta das águas, que simboliza para nós o relacionamento com o Espírito Santo, que nos capacita em nossas fraquezas, nos orienta e nos dirige para uma vida cristã vitoriosa.
    5. A porta das águas é a porta do reavivamento. Reavivamento é quando ficamos novamente apaixonados por algo.

2. Para aprender o que é certo, você precisa parar para aprender (v.3)

"Ele a leu em voz alta desde o raiar da manhã até o meio-dia, de frente para a praça, em frente da porta das Águas, na presença dos homens, mulheres e de outros que podiam entender. E todo o povo ouvia com atenção a leitura do Livro da Lei."

  1. Você só aprende àquilo a que se dedica tempo, recursos e atenção;
  2. Você nunca será promovido se não aprender nada com as crises ou situações diárias da sua vida.
  3. A Bíblia é o manual de vida do ser humano. Nela estão contidas as promessas de Deus para o homem, mas também os princípios para uma vida feliz e que faz sentido;
  4. Sem estudar o manual, você corre o risco de perder oportunidades e, pior, não fazer o que tem que ser feito pelo simples desconhecimento de princípios essenciais para a vida humana.
  5. A Palavra de Deus e suas promessas para nós são gratuitas, mas é preciso esforço, disciplina e comprometimento para aprender;

3. Para aprender o que é certo, você precisa receber a Palavra (v.6,8)

"Esdras louvou o Senhor, o grande Deus, e todo o povo ergueu as mãos e respondeu: "Amém! Amém! " Então eles adoraram o Senhor, prostrados, rosto em terra."…     ….  "Leram o Livro da Lei de Deus, interpretando-o e explicando-o, a fim de que o povo entendesse o que estava sendo lido."

      1. Você nunca aprende o que rejeita ou não respeita.  Lembra quando você era criança e nas aulas ficava com birra de matemática, inglês, artes, etc?
      2. As vezes era por causa do professor, outras vezes pela sua limitação e dificuldade de uma área de aprendizado, outras vezes porque faltava interesse naquilo que estava sendo explicado. Simplesmente não fazia sentido para você, naquele momento. Por isso, você não aprender como devia.
      3. A mesma coisa acontece com a Palavra de Deus. Ela é uma fonte inesgotável de ensinamentos práticos para a vida. No entanto, continuamos errando em coisas básicas, elementares. Porque?
      4. Quando participamos de um culto ao Senhor, há três momentos essenciais:
        1. primeiro, o adoramos por quem Ele é;
        2. segundo, ouvimos a suas Palavras para a nossa vida hoje - a Palavra nos foi dada para a nossa vida e época atuais e, só precisamos dela aqui na terra;
        3. terceiro, a nossa resposta diante da Palavra do Senhor -
      5. Quando negligenciamos estas três ações, saímos de um culto ao Senhor do mesmo jeito que entramos.
      6. Cada culto ao Senhor é um momento único e exclusivo em nossas vidas.

     

  1. 4. Para aprender o que é certo, você precisa ter atitudes corretas (vs. 9,10)"… Este dia é consagrado ao Senhor Deus. Nada de tristeza e de choro! " Pois todo o povo estava chorando enquanto ouvia as palavras da Lei. … E Neemias acrescentou: "Podem sair, e comam e bebam do melhor que tiverem, e repartam com os que nada têm preparado. Este dia é consagrado ao nosso Senhor. Não se entristeçam, porque a alegria do Senhor os fortalecerá".
        1. Quando o povo foi confrontado com as verdades da Palavra, caíram no choro. Choro demonstra arrependimento, frustração, reconhecimento da falha.
        2. Mas Deus nunca está tratando com o nosso passado, e sim com o nosso futuro. Deus está sempre nos levando para a frente, para o alvo que ele tem para nós.
        3. Muitas vezes ficamos chateados pelos nossos erros e nos conformamos com eles. Mas para ter uma verdadeira mudança é preciso ter a atitude correta diante da Palavra de Deus.
        4. E a atitude correta é: apliquem a Palavra proativamente em suas vidas, nas vidas das pessoas que convivem contigo, sejam abençoadores para com o próximo, celebre com alegria a vida que você tem agora.
        5. O nosso Deus é um Deus alegre. Neemias nos revela algo profundo de Deus para nós: A alegria do Senhor é a nossa força. É ela quem nos sustenta.
        6. Um coração abatido desmotiva, mas um coração alegre aformoseia o resto e promove leveza, liberdade, motiva e fortalece as pessoas.
        7. Deus não é Senhor de escravos; ele é Pai de filhos livres.

     

  2. Conclusão: Esta passagem termina com uma evidente mudança: "então todo o povo saiu para comer, beber, repartir com os que nada tinham preparado e para comemorar com grande alegria, pois agora compreendiam as palavras que lhes foram explicadas." (v.12). Sim, eles aprenderam, que não eram as circunstâncias, os vizinhos, a crise econômica, a pandemia ou qualquer outra coisa que motivava as suas vidas, mas sim o fato de terem um Deus que os amava de uma forma comprometida, a ponto de enviar pessoas de longe para as servirem.Elas compreenderam que Deus não as estava acusando, nem julgando, mas dando-lhes a oportunidade de recomeçarem, agora da forma correta. É assim que Deus faz. Não importam as nossas perdas, falhas e pecados do passado, Ele está sempre pronto para nos dar novas oportunidades e ainda nos fortalece para vivermos um novo tempo!lembre-se:

    Deus não é Senhor de escravos; ele é Pai de filhos livres. (Pr. Elton Melo)

2 comentários em “Onde encontrar forças para superar nossas limitações ”

  1. Maravilhosa palavra. Deus seja louvado. Gratidão pela sua vida, por ser um vaso pelo qual a palavra de Deus chega até nós.

    Responder

Sua opinião sobre este artigo é muito interessante! Escreva:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: