A bênção de nos relacionarmos com o Espírito Santo
18/05/2020

A bênção de nos relacionarmos com o Espírito Santo

Series:
Passage: Atos 2.1-4
Igreja:

Existem três bênçãos que podemos usufruir quando desenvolvemos o relacionamento com o Espírito Santo. Conheça estes princípios e viva uma vida cristã vitoriosa. Abra a sua Bíblia em Atos 2.1-4:

Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados. E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava. Atos 2.1-4

Introdução: A experiência que qualifica o cristão a ser produtivo, ousado, conquistador de vitórias, é a experiência com o Espírito Santo. O Espírito Santo é Deus e é uma pessoa, portanto podemos nos relacionar com Ele. A Igreja dos primeiros séculos não duvidava dessa verdade, pelo contrário, era tão verdade que era recitado no credo Apostólico “Creio no Espírito Santo”, e no credo Niceno: “Cremos no Espírito Santo, o Senhor que dá vida, e procede do Pai e do Filho; que, com o Pai e o Filho, é juntamente adorado e glorificado”. Ele não é mais nem menos do que o Pai ou o Filho, Ele é igual. Ele é o consolador, o Guia, e o Autor das Escrituras.

Para esse relacionamento ser possível, é necessário compreender o quanto o Espírito Santo é sensível. Seu sobrenome é Santidade. Ele pode ser entristecido com nossas palavras, iras, amarguras, gritarias (Ef 4.29-31) e Ele pode ser apagado de nossa vida (1Ts 5.19). Ele pode ser resistido. O Dr. A.B. Langston escrevendo sobre o Espírito Santo diz: “Sua vinda em nós é nossa esperança e salvação, sua habitação em nós é a garantia de nossa santificação, Sua atuação em nós é a garantia do serviço que agrada a Deus, sua entrada completa em nós é o nosso transbordamento”.

Jesus sabia perfeitamente que necessitaríamos desta força e desta presença gloriosa conosco, por isso Ele disse “vos enviarei outro consolador”, outro, do grego allos (idêntico), não um substituto, mas igual. Por isso, também, Jesus não permitiu que os discípulos se movessem de seus lugares até que do alto fossem revestidos de Poder e pudessem contar com essa companhia bendita (Lc 24.49). Jesus sabia que sem essa qualificação os discípulos seriam facilmente derrotados.

Muitos cristãos estão vivendo em derrota porque desconhecem o poder atuante do Espírito Santo; vivem como se o Espírito Santo não existisse. Os discípulos experimentaram o Poder do Espírito e depois já não podiam viver sem Ele. Como tem sido o seu relacionamento com o Espírito Santo? A vida cristã plena depende exclusivamente do relacionamento com Ele. Existem três bênçãos que podemos usufruir quando desenvolvemos nosso relacionamento com o Espírito Santo.

1- Podemos Ouvir o Espírito Santo –V. 2a
  1. “Veio do Céu um som...” – Os discípulos ouviram um som, escutaram a chegada do Espírito Santo. Você pode ouvi-lo como os discípulos! Mais do que um som indefinido você pode ouvir a sua voz, por que Ele fala.
  2. Ele fala corrigindo, ensinando, mostrando a direção que devemos seguir. Não o ouvir é estar fadado a muitos enganos e fracassos.
    1. ordenou a Filipe ir para a estrada deserto. At 8.26-40
    2. ordenou a Pedro que fosse à casa de Cornélio, e foi Ele quem quebrou paradigmas e preconceitos ao batizar Cornélio e sua família - At 10.
    3. ordenou a Igreja que enviasse a Paulo e Barnabé – At 13
    4. deu a última Palavra no concílio de Jerusalém – At 15
    5. falou com as Sete Igrejas da Ásia – Apocalipse 2 e 3.
  3. Quem se relaciona com Ele ouve a sua voz.
2- Podemos Sentir o Espírito Santo – v. 2b
  1. “Como de um vento impetuoso...” – Os discípulos sentiram-no. No registro de Lucas o que sentiram foi como um vento forte.
  2. Quando sopra o vento você sente. Sentimos seus efeitos.
  3. Quando há uma experiência e um relacionamento pessoal com o Espírito Santo você pode senti-lo em sua vida.
  4. Como é bom sentir a presença Dele.
  5. Ele se manifesta de forma que você possa sentir sua presença, como se dissesse: “Eu estou aqui”.
3- Podemos Ver o Espírito Santo – v.3
  1. “Apareceram línguas de fogo repartidas” – Parece paradoxal, pois o Espírito se chama Espírito porque não podemos vê-lo, como então o que podemos ver?
  2. Podemos ver o seu Poder na vida das pessoas assim como foram vistas as línguas de fogo sobre a cabeça dos discípulos.
  3. Podemos ver o Espírito na vida das pessoas através do Fruto.
  4. A presença do Espírito Santo produz o fruto do Espírito;
  5. Portanto se o Espírito está presente há amor, há mansidão, há bondade, há domínio próprio, há fidelidade, há paz, há alegria.
  6. A pessoa do Espírito pode não ser visível, mas sua ação sempre será vista.

Concluindo,  será que suas derrotas não são consequência da falta de um relacionamento mais íntimo com o Espírito Santo? Será que as decisões erradas não tem sido a falta de ouvir o Espírito Santo? Será que seu desânimo, frieza, não tem sido porque você não tem sentido o Espírito Santo em sua vida? Será que a falta de paz, de alegria, de fidelidade, de amor, não se dá por causa da ausência do Espírito Santo operando em você?

Queira ter uma experiência real com o Espírito Santo, Tenha uma experiência real com Ele, e verá que sua vida cristã será qualificada.


Leia mais sobre a Campanha de jejum e Oração - Entre em contato com o pastor Eliézer.

Sua opinião sobre este artigo é muito interessante! Escreva:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.